O comércio varejista ampliado, que inclui as atividades de veículos, motos, partes e peças e de material de construção, avançou 2% em relação a outubro.

Na série sem ajuste sazonal, frente a novembro de 2017, o volume de vendas do comércio varejista cresceu 3,2%. O acumulado no ano foi -1,7% em novembro, enquanto o acumulado nos últimos 12 meses ficou em -2,5%.

Frente a novembro de 2017, o volume de vendas no varejo ampliado caiu 2,8%. O acumulado no ano desta comparação ficou em -0,5%, enquanto que o acumulando nos últimos 12 meses foi de -0,4%. A publicação e o material de apoio estão disponíveis em www.ibge.gov.br.

De outubro para novembro de 2018, na série com ajuste sazonal, as vendas no comércio varejista avançam em 25 das 27 Unidades da Federação, com destaque, em termos de magnitude de taxa, para Bahia (8,7%), Rondônia (8,2%) e Maranhão (7,7%). Os recuos foram registrados em Tocantins (-0,5%) e Roraima (-0,1%).

No comércio varejista ampliado, 26 estados mostraram aumento nas vendas, com destaque para Rondônia (7,4%), Sergipe (6,4%) e Pará (6,2%). O único com resultado negativo nessa comparação foi em Roraima (-1,5%).

Fonte: Diário do Amapá